Este espaço virtual foi criado com o intuito de compartilhar experiências vividas em sala de aula
(nas disciplinas Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Literatura), bem como sua utilização como mais uma ferramenta
para o ensino-aprendizagem de modo a tornar o processo educacional mais instigante e desafiador para
o aluno dessa geração tecnológica.


sexta-feira, 5 de março de 2010

Como ensinar o debate em sala de aula

UFPA - CLA
CURSO DE MESTRADO EM LINGÜÍSTICA
LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS DA LINGUAGEM
DISCIPLINA: Produção e Compreensão Oral
PROF. DR.: José Carlos Chaves Cunha
MESTRANDA: Rosália de Oliveira Soares

Atividade: Como ensinar o debate em sala de aula: um modelo didático

Como o debate é um gênero oral, é mais difícil se construir um modelo que leve em consideração todas as etapas que devam ser cumpridas no ensino desse gênero textual.
Mesmo assim, vamos tentar didatizar este gênero a fim de facilitar a depreensão de suas estruturas para que elas possam servir de modelo para os alunos no momento em que necessitarem construir uma situação real ou simulada de debate.

1º passo: Atividades prévias (para depreensão do modelo)
• Levar os aprendentes a participarem como ouvintes a uma série de debates para que eles possam perceber as características em comum de diversos eventos dessa natureza (dar referências de debates televisivos e/ou levar um modelo gravado para a sala de aula);
• Evidenciar para os aprendentes que a variante lingüística utilizada em um debate é a variante mais aproximada da linguagem formal. Embora tenha características próprias da oralidade, o discurso deve ser claro e sem atropelos, evitando-se idéias repetidas;
• Diferenciar o gênero debate de outros gêneros orais públicos como as mesas redondas ou painéis, por exemplo;
• É importante também evidenciar que o debate só é possível quando há oposições de pontos de vista sobre um determinado assunto;
• Deixar claro que uma das regras principais dentro de um debate é o respeito ao outro debatedor. Deve-se escutar com respeito seus pontos de vista e apresentar os seus também de modo respeitoso para não ofender o outro. A oposição é de idéias, não de pessoas. Essa e as outras regras definidas no momento de preparação do debate devem ser rigorosamente seguidas;
• Enfatizar que no decurso do debate, um dos interlocutores pode ser convencido pelo outro, ou ainda, é possível que ambas as partes aceitem os argumentos do outro lado (mesmo que parcialmente) e repensem suas opiniões. Mesmo que isso não aconteça, o importante é que um debate serve para se conhecer os diferentes pontos de vista sobre determinado assunto para todos os participantes (para quem debate e também para quem assiste).

2º passo: Atividades de preparação (para o planejamento de um debate em sala de aula)
Nesta etapa, as decisões devem ser tomadas na sala de aula por todos os envolvidos (alunos e professores)
• Definição de:
 Tema;
 Participantes (2 ou mais pessoas que tenham pontos de vista diferentes sobre determinado assunto);
 Mediador e
 Público interessado (estabelecer o papel de um público interessado para o auditório);
• Delimitação das regras (que podem variar de acordo com cada situação):
 Antes da discussão cada debatedor exporá sua opinião (3 min.);
 Cada debatedor faz a apreciação da fala inicial de 1 dos seus interlocutores, iniciando assim a discussão (3 min.);
 O interlocutor citado pode pedir a réplica (2 min.);
 Cada participante só poderá falar na sua vez e não deve exceder o tempo estipulado e deve sempre atender ao mediador;
 Após o debate, o público poderá fazer perguntas diretas, de forma oral, a qualquer dos debatedores. O tempo para essa etapa será de 10 minutos;
 Cada debatedor inquirido terá 1 minuto para dar sua resposta.
• Determinar tempo para a preparação dos debatedores = 1 semana
 Esse tempo servirá para os alunos, que irão debater, estudar para se aprofundar no assunto e selecionar bons argumentos para o debate. O debatedor deve se preparar para possíveis perguntas e contestações que possam vir dos seus oponentes e/ou da platéia.

3º passo: O debate (interação em sala de aula) - Um modelo de roteiro a ser seguido
• Abertura: (etapa cumprida pelo mediador)
 Cumprimento ao público
 Exposição do tema (motivo do debate)
 Explicitação das normas previamente estipuladas
 Apresentação dos debatedores

• 1ª Fase:
 Mediador passa a palavra a um dos debatedores;
 Retoma a palavra e a passa ao outro debatedor;
(ambos devem falar somente o tempo estipulado) cumprimento e exposição cada um (nesse 1º momento, os debatedores somente devem expressar seus pontos de vista sem mencionar seus interlocutores)

• 2ª Fase:
 Mediador retoma a palavra e a repassa novamente para o primeiro debatedor para que ele comente a exposição do oponente;
 Nesse momento pode ocorrer a réplica;
 Mediador inverte as posições entre os debatedores: o 2º faz comentário e o 1º a réplica.

• Participação da Platéia:
 Momento da interferência da platéia aos debatedores (10min). Estes terão 1 minuto para responder a cada questionamento.
• Recapitulação:
 Breve comentário de cada debatedor (2min);
 Síntese do debate pelo mediador.

• Conclusão:
 Mensagem final (pelo mediador)

• Agradecimentos:
 Do mediador para os participantes (debatedores e platéia).

Obs.: Se possível, o trabalho pode ser gravado para que se faça a avaliação dele. Essa avaliação não deve necessariamente ser feita somente pelo professor, toda a turma pode participar desse processo ao analisar o comportamento de todos no momento da interação.

37 comentários:

  1. oi, gostei muito de suas ideias e para o meu debate de amanha irei usa-las,
    grata.

    ResponderExcluir
  2. De nada, Marina! Que bom que ajudei. É esse mesmo o objetivo deste meu cantinho (trocar experiências). Adoraria saber o resultado da aplicação desta sequência didática em sua turma. Se você fizer algum registro com foto, pode me enviar também que faço a publicação do seu trabalho no meu blog. Se você tiver um blog onde registra suas atividades, me envie o link.
    Não deixe de aparecer por aqui. É bom saber a opinião dos colegas sobre nosso trabalho.
    Até.

    ResponderExcluir
  3. concetesa quando se tem que saber ago que alguém lhe ajuda é muito importante parra a gente ouvinte
    e é muito bom saber que tem alguém que possa nos ajuda quando precisamos...
    valeu pela a boa vontade.

    ResponderExcluir
  4. mas eu queria saber como se iniciar um debate, e não como ensinar,pois eu preciso saber apresentar um trabalho e no fnal da apresentção é priciso debate e eu ñ estou sabendo como começar...ñ tou tem idêia.
    será que tem alguém que possa mim ajudar ai?
    se tiver eu agradeço...

    ResponderExcluir
  5. Sr Anônimo,em primeiro lugar agradeço pelo comentário.
    O plano de aula que vc leu é sobre o gênero debate formal, que tem suas regras específicas e papéis bem definidos dentro desse tipo de interação verbal. O debate a que vc se refere no comentário, se entendi bem, é, na verdade, uma discussão a respeito de um determinado tema ou texto que foi objeto da aula. Se for esse o caso, as regras não são as mesmas do debate e todos podem falar livremente. Porém, o professor há de estabelecer algumas regrinhas básicas que servem para que qualquer tipo de discussão seja produtiva: a principal é a de que todos não devem falar ao mesmo tempo, então a turma estabelece o modo como organizar as falar dos participantes, que pode ser feito com inscrições (para as falas se sucederem nessa ordem) ou apenas o levantar as mãos para sinalizar que alguém quer tomar a palavra.
    Para participar desse tipo de discussão, basta prestar muita atenção ao objeto a ser analisado (aula ou texto) e depois dar sua opinião, discordar de alguém, dar contribuições com acréscimos de informações que porventura vc saiba ou simplesmente dar outros exemplos para ilustrar um caso mencionado. Faça tudo isso com a maior naturalidade e com muita educação quando for contestar uma opinião de um colega, pois vc deve estar preparado para ser contestado também.
    Fazendo assim vc vai estar preparado para, com eficiência, participar das discussões em sala de aula e/ou apresentar seus trabalhos (nesse último caso o gênero é a exposição oral, na qual só uma pessoa fala sobre um assunto que aprendeu).
    Espero ter ajudado com essas dicas, mas não esqueça de que para que tudo saia perfeito (ou ao menos de modo satisfatório)é preciso que vc estude bastante antes de apresentar uma produção oral. Se fizer isso, com certeza não terá problemas. O nervosismo é normal, mas é uma coisa que se pode controlar. E é muito diferente de falta de conhecimento, que é quando a pessoa não tem nada o que dizer porque simplesmente não sabe nada sobre aquele assunto.
    Pense nisso e bom trabalho!

    ResponderExcluir
  6. Muito legal!
    Eu gostaria de fazer uma espécie de tribunal do juri.No entanto a composição de um tribunal é muito ampla não quero confundi-los e nem fugir do tema.Nos iremos julgar a implantação de uma usina nuclear na cidade (simulação).
    Gostei bastante do seu plano de aula, se você tiver alguma sugestão de como eu poderia organizar isso!
    Só para situar sou professora de química.

    Obrigada!
    Sua atitude tem ajudado muitos iniciantes como eu, parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe não ter respondido antes, Renata. É que estive sem internet por algum tempo. Mas talvez você encontre algumas dessas experiências em vídeo (no you tube). Eu, pessoalmente nunca organizei um juri simulado em minha classe, mas já li algo sobre isso. Para organizar a atividade, antes, é necessário pesquisar e estudar muito bem sobre o assunto (os prós e os contras) para dar argumentos para a defesa e para a acusação. Assim se garante que não se fuja do tema. Você também pode levá-los para assistir a um julgamento de verdade num tribunal (caso haja essa possibilidade em sua cidade). Lá seus alunos verão que quase tudo o que se diz ou faz deve ser baseado em provas documentais e depoimentos de testemunhas (na sala de aula, em dados da pesquisa e opinião da população no caso do seu tema). O resto fica por conta da habilidade de argumentação dos dois advogados (o promotor e o advogado de defesa). Vence quem souber jogar melhor com as palavras escolhidas como argumentos.
      Se a DICAnão chegou a tempo para sua atividade, espero que ajude nas próximas ou para outras pessoas que também queiram realizá-la.

      Excluir
  7. Adorei Rosália.
    Era realmente o que eu procurava, sob medida para ajudar os meus alunos.
    Você é um gênio.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querida!Você é muito gentil, mas não sou gênio, não. Só fui uma aluna muito aplicada. Rsrsrs.
      Um grande abraço.

      Excluir
  8. Gostei das suas dicas de debate .
    eu vou usa-lás na minhas aulas .
    adoro dar aula de debate para os meus alunos
    é eles adora ....
    Parabéns....

    ResponderExcluir
  9. Para a Edilene e para o autor da postagem como anônimo, meus humildes agradecimentos.
    Assim como eu procuro contribuir com o trabalho dos colegas divulgando o que tenho produzido, espero também poder utilizar das boas experiências em sala de aula dos meus colegas de profissão.
    Um grande abraço.
    Rosália

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente, para a Renata, minha sugestão poderá chegar tarde demais, mas mesmo assim vou dar minha sugestão. Quem sabe serve para a próxima experiência!
    Primeiro o professor pode agendar com a turma para assistir a um julgamento de verdade na cidade onde moram. Depois, em sala de aula, a turma pode montar em conjunto um roteiro baseado no modelo assistido. Será mais fácil simplificar esse roteiro com a ajuda dos alunos, pois eles podem dar a dica do que deve permanecer igual ao modelo original, do que deve ser eliminado e do que deve ser simplificado.
    Assim, trabalhando em conjunto acredito que a classe possa construir um modelo satisfatório de julgamento para ser executado em sala de aula.
    Espero que a dica seja útil para uma próxima tentativa.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Procurando mediar um debate, sobre PCNs, encontrei seu cantinho (adorei o carinho), gostei das sugestões. Sempre é salutar ter orientações e experiencias de colegas.

    ResponderExcluir
  12. Zélia, seja muito bem vinda a esse meu cantinho virtual. Espero ter ajudado de verdade. Não deixe de me "visitar" de vez em quando.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Gostei muito das suas sugestões! Gostaria de saber se vc tem alguma sugestão de como posso usar os debates para promover e incentivar a leitura em uma turma de 4°ano antiga 3° serie pois faço parte de um projeto de leitura e estou procurando novos meios para trabalhar com as crianças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo, minha sugestão de debate formal pode ser aplicada a alunos de 5ª a 8ª série (simplificando-a um pouco para as duas primeiras séries) e para o Ensino Médio. Para as séries iniciais, o mais indicado é promover trabalhos livres de exposição oral e pequenas discussões sobre alguns temas polêmicos, mas acessíveis para as crianças.
      Quero me desculpar pela demora na resposta. É que estive sem internet por algum tempo. Espero que a DICA sirva para seus próximos trabalhos com a linguagem oral.
      Grande abraço.

      Excluir
  14. Oi realmente este espaço é ótimo, pois este é uma tema que não muito explorado. Sou acadêmica de biologia e preciso fazer um seminário da importância da modalidade didática debate em aulas de ciências na atualidade, e gostaria de uma sugestão, o seminário será para o final do mês, aguardo anciosa.

    Obrigada
    Fabiana

    ResponderExcluir
  15. Rosalia boa tarde! Adorei ler o que você escreveu sobre o debate como um gênero oral formal que pode e deve ser aprendido na escola. Em outubro vou iniciar a produção de uma sequência didática que valerá como TCC para que me torne especialista em Língua Portuguesa. Acredito que este seja um tema complexo, mas você tornou-o tão encantador e possível que vou seguir suas dicas e sugestões. Gostaria de saber se posso contar com a sua ajuda se por ventura me atrapalhar em alguns pontos.

    Abraços.

    Fatima Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que sim, cara Bella. Se desejar, pode me contactar pelo e-mail. Ajudo no que puder, com muito prazer.
      E obrigada pela visita!
      Bom trabalho na especialização.

      Excluir
  16. Olá, eu estava procurando algumas dicas para a organização de um debate, o seu blog resolveu meu problema, estou muito agradecido e aproveito para parabenizá-la pelo seu trabalho aqui. Um abraço. Professor Pedro Paulo

    ResponderExcluir
  17. Obrigada, prof Pedro Paulo!
    Fico muito contente em ter ajudado a um colega. Espero que dê sempre uma passadinha por aqui. Não tenho atualizado com frequência este cantinho porque estava envolvida em uma mudança de cidade, mas prometo que trarei coisas novas para a nossa área.

    ResponderExcluir
  18. Que bom apreciar conteúdos deste nível e saber de sua acessibilidade possível aos amantes do saber para uma educação de qualidade.
    Parabéns pelas orientações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, estou à disposição. Espero poder neste ano de 2013 voltar a atualizar com mais frequência este cantinho.

      Excluir
  19. Rosália, bom dia!
    Trabalhei um filme com meus alunos e gostaria de elaborar uma discussão. Como devo proceder para que ocorra uma reflexão em forma de debate? Desde já agradeço sua colaboração. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sílvia, para poder ajudá-la era preciso que você dissesse qual o filme que foi trabalhado e em que série.
      Não respondi antes porque estive "desconectada" por algum tempo devido a minha mudança de cidade.
      Espero poder colaborar da próxima vez.
      Até lá.

      Excluir
  20. Olá Boa tarde!

    é possível encontrar encontrar um exemplo
    escrito de um debate?

    gostaria muito de encontrar um

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manuel, nunca encontrei nenhum. Talvez seja mais fácil encontrar algumas experiências gravadas em vídeo. Já tentou procurar?
      Vou tentar. Se encontrar algum, posto o link no final desta publicação.

      Excluir
  21. Oii boa tarde!!
    Bom adorei suas ideias e vou usa-las concerteza,só tenho uma duvida.
    Sou aluna,e minha professora passou um trabalho do modo que quando eu e meu grupo for apresenta-lo use toda a aula ou seja 50min,devo explicar o que é um Debate Regrado Publico,gostaria que você me desse algumas dicas de como elaborar esta aula.
    Atenciosamente Ana Caroline

    ResponderExcluir
  22. Obrigada pelas orientações. Foram bastante úteis

    ResponderExcluir
  23. Olá! Fiquei encantada e motivada para dar uma aula sobre debate regrado, porém, gostaria se possível orientações de como ministrar esta aula, sou a professora Jucineide de Pernambuco, gostaria e muito de ideias/dicas de de como fazer o Debate Regrado em uma turma do 1 ANO DO ENSINO MÉDIO.MEU EMAIL jucianjos26@yahoo.com.br.Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O passo-a-passo geral está descrito neste trabalho, porém, para dar mais informações sobre sua aula ou apresentar um esquema específico e apropriado a sua turma, precisaria ter o assunto que você pretende abordar. Dê preferência a temas pertinentes à comunidade escolar (algo que esteja relacionado diretamente com o cotidiano dos alunos e/ou de sua comunidade).

      Excluir
  24. muinto interesante mas no caso moderador ecomo sefoce o juiz

    ResponderExcluir
  25. Olá,mas no caso o moderador e como se foce o juiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podemos dizer que sim. Mas não é como se fosse um juiz de júri simulado. Na primeira experiência com o debate regrado na turma, o mediador pode ser o professor (caso não haja maturidade suficiente na turma para que um aluno ocupe este papel). Nas próximas vezes em que a atividade for feita na mesma classe, o papel do mediador pode ser ocupado por um aluno, cabendo ao professor apenas o papel de observador e orientador no caso de o debate se desviar de suas regras estabelecidas previamente.
      Como estamos em ano eleitoral, pode-se aproveitar os debates reais (gravados da TV) para ilustrar as aulas.
      Bom trabalho a todos!

      Excluir
  26. Que estratégias são necessárias para a realização de um debate oral?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Daniel!
      Simplificando o esquema do meu trabalho, você pode:
      - Observar um(os) modelo(s);
      - Observar a linguagem;
      - Escolher o tema;
      - Selecionar os papéis (quem vai fazer o quê);
      - Delimitar as regras;
      - Definir o tempo;
      - Organizar o espaço;
      - Iniciar o debate conforme descrição do 3º passo no meu trabalho.
      Bom trabalho!

      Excluir
  27. Olá, Rosália. Muito bom seu texto sobre o debate, era tudo o que eu estava procurando. Sou um aluno do 2º ano do ensino médio e estou tentando montar um grupo de debates no meu colégio, e para isso precisaria de uma ajudinha sua ^^. Eu irei dispor de mais ou menos 2 horas para a realização do debate, e estou muito em dúvida quanto a duração de cada coisa, da abertura, da exposição das ideias de cada grupo, réplica, e as perguntas (como não irar ter a participação da platéia, as perguntas serão realizadas pelo grupo contrário), das respostas, e a conclusão do mediador. Pois preciso apresentar para o diretor do meu colégio o projeto escrito e tem que estar tudo bem detalhado, principalmente a questão do tempo. Mais uma pergunta, o que a senhora acha desse tempo de 2 horas? É adequado? Quantas pessoas a senhora acredita que possam participar do debate nesse tempo?
    Aguardo ansiosamente sua resposta.
    Agradeço desde já
    Ass: Enzo

    ResponderExcluir